Por: Ítalo Leme

SEO (Search Engine Optimization) é o conjunto de técnicas aplicadas à programação do site para fazer com que a página seja facilmente encontrada pelos motores de indexação dos buscadores como o Google e exibida entre os primeiros resultados na busca orgânica de determinadas palavras-chave.

O Google tem uma série de diretrizes que apontam o que pode ou não ser feito para a obtenção da indexação nos resultados de busca natural. Essas diretrizes devem ser seguidas à risca para que o site não seja punido ou até mesmo banido no buscador, e tal técnica é conhecida como White Hat, enquanto as práticas de manipulações ilícitas são conhecidas como Black Hat.

Os resultados não são instantâneos, pois há mais de 200 fatores de ranqueamento periodicamente atualizados no algoritmo do Google que impossibilitam o imediatismo, como o tempo de indexação, tempo de checagem das otimizações, tempo de renovação do cachê do Google, emprego de conceitos de usabilidade que propiciam maior índice de conversão, disposição do site em versão mobile, existência de urls amigáveis com palavras-chave, utilização de plataforma com boa estrutura de otimização, tempo de carregamento das páginas do site, conteúdo qualificado e relevante, aplicação de metatags na programação, inserção de links externos para aumento de tráfego e popularidade, tempo de existência do site, concorrência das palavras escolhidas, design e diagramação funcionais, entre outros.

SEM (Search Engine Marketing) consiste na criação de campanhas publicitárias veiculadas nas ferramentas de busca como o Google AdWords. Estas campanhas aparecem por meio de links patrocinados que são anúncios pagos exibidos nos resultados das pesquisas.

É possível segmentar o perfil da audiência de cada campanha especificando inúmeras variáveis como faixa etária, gênero, localização, entre outras, para a exibição qualificada, e isto proporciona resultados surpreendentes para o anunciante, que só terá custos por clique e não por exibição.

Para aumentar o tráfego no site é necessário ampliar o número de palavras-chave englobando ao máximo todos os produtos e serviços disponíveis com a utilização de correspondência ampla. Por outro lado, se o objetivo for aumentar o índice de conversão de vendas pelo site, é necessário haver clareza nos anúncios, escolha de palavras-chave relevantes com caudas longas, utilização de correspondência exata, página de destino otimizada e exclusão de palavras-chave negativas, evitando impressões irrelevantes.

O posicionamento no ranking de busca dos links patrocinados depende da assertividade na construção do anúncio que será exibido, precisão na escolha das palavras-chave e seus respectivos lances, acompanhamento do índice de qualidade, além do estabelecimento de metas específicas que potencializem o desempenho das campanhas.

A sua empresa precisa aparecer nos resultados de busca do Google? Entre em contato com a MKT FLOW e destaque a sua empresa nas primeiras posições dos buscadores.