Por: Ítalo Leme

Segundo o Ibope Media, 92% dos internautas utilizam a internet para pesquisar sobre empresas, produtos e serviços antes de efetivar uma compra.

A internet se tornou o terceiro veículo de maior alcance no Brasil, atrás apenas do rádio e da televisão. Os consumidores estão constantemente monitorando as marcas pela web.

A mesma pesquisa aponta que 50% dos consumidores já mudaram de opinião sobre uma suposta compra baseando-se em uma avaliação negativa dos próprios usuários na internet, e 28% decidiram uma compra em função de avaliações positivas de outros compradores em fóruns.

Sabendo que a internet realmente influencia o comportamento de compra, é possível afirmar que a presença digital qualificada é determinante para o sucesso das marcas.

Campanhas de marketing digital bem elaboradas fazem com que as empresas obtenham resultados realmente relevantes frente à concorrência.

Uma forma de chamar a atenção de potenciais clientes pelo meio digital é através do inbound marketing que visa despertar a atenção das pessoas ao invés de empurrar algo à força como as propagandas. O marketing de conteúdo se baseia no compartilhamento de informações relevantes ao target, por diversos meios digitais, atraindo, envolvendo e conquistando o interesse de potenciais clientes, e estimulando possíveis negócios.

Antigamente, o marketing da interrupção era o conceito padrão e milhares de empresas investiam milhões de reais em anúncios de tv, rádio e cinema. A interrupção era a forma mais efetiva de se conseguir a atenção de um possível cliente, por meio da exibição de uma mensagem comercial no intervalo dos programas.

Na internet, os pop-ups de propagandas fazem esse papel de interrupção, assim como os anúncios mal posicionados, banners verticais na lateral de sites populares e marca-texto amarelo em páginas de vendas, mas estas ferramentas estão sendo substituídas por outras estratégias em função da perda de efetividade.

A transição do marketing da interrupção para o marketing da permissão é gradativa, mas ganha cada vez mais espaço, e isso se deve ao poder de decisão do internauta que hoje tem de permitir que a mensagem chegue até ele.

O marketing de conteúdo vai ao encontro dos anseios do consumidor por mais conhecimento, tendo por missão disseminar um grande volume de informações úteis sobre produtos, serviços e demais assuntos pertinentes ao negócio desejado pelo público específico.

Conteúdo relevante é tão bom que as pessoas pagam para ver. Propaganda invasiva é tão ruim que as pessoas pagam para não ver.

A MKT FLOW cria conteúdos inteligíveis para sites, blogs, redes sociais, roteiros de vídeos, press-releases, anúncios, e-mail marketing, peças de comunicação, catálogos, apresentações, manuais, storytelling, entre outros. Solicite um orçamento!